Familiares de uma mulher com câncer denunciam o governo de Pernambuco por não ajudar no tratamento

O remédio para o tratamento custa R$ 18 mil. O governo já deu ganho de causa, mas, até agora, nada

Mônica, que já passou pelo Hospital do Câncer de Pernambuco, agora segue em cima da cama, aguardando que as providências sejam tomadas / Foto: Reprodução/Tv Jornal

Mônica, que já passou pelo Hospital do Câncer de Pernambuco, agora segue em cima da cama, aguardando que as providências sejam tomadas

Uma mulher de 41 anos, que foi diagnosticada com câncer de mama, em fevereiro do ano passado, está esperando providências por parte do governo em relação ao seu tratamento. Os familiares dela alegaram que a paciente conseguiu um valor de R$ 18 mil por mês na Justiça, mas nada disso foi resolvido por parte do governo. Mônica, que já passou pelo Hospital do Câncer de Pernambuco, agora segue em cima da cama, aguardando que providências sejam tomadas.

Tratamento

Mônica fez uma série de exames, os quais os médicos descobriram que a doença estava afetando o útero e os ovários da paciente, quando decidiram retirar. Só que durante a recuperação, a paciente continuou sentindo dores fortes e necessita dos remédios para continuar o tratamento.

Ação na justiça

Aline Porfírio, advogada responsável pela causa, disse que já deu entrada na ação, mas nada foi resolvido. Ela diz, ainda, que o governo não está cumprindo com o que disse. “demos entrada na ação no dia 02 de julho. O magistrado deu a liminar no dia 14 de agosto e, até o presente momento, o Estado não cumpriu a decisão”, afirmou ela.

Campanha em favor de Mônica

A hashtag #MÔNICACONTRAOCÂNCER foi levantada por parentes e amigos com a intenção de arrecadar dinheiro para a compra dos remédios.

Nota de resposta

A Secretaria Estadual de Saúde informou que a demanda está sendo assistida pelo Núcleo de Ações Judiciais. A ação contempla dois medicamentos que não são fornecidos pelo SUS no Brasil. Ainda, de acordo com a secretaria, mesmo que se trate de uma medida judicial, o Estado precisa seguir os trâmites legais da administração pública para fazer a aquisição dos insumos. No entanto, não deu um prazo para que o remédio esteja disponível.

Para colaborar com a campanha:

Caso deseje ajudar no tratamento de Mônica, você pode entrar em contato com a família pelo número, que também é Whatsapp, pelo 9.9434-7636.

(JC)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *