Farra: Governo do Maranhão licita caviar, lagosta e whisky escocês

  • Licitação, estimada em R$ 1,3 milhão, foi publicada nesta quinta-feira no site do governo do Maranhão
  • Além das refeições, R$ 403 mil com lustres de cristal e tapete Persa

LETICIA FERNANDES


Novo edital do governo do Maranhão inclui iguarias como caviar, lagosta e champanhe ‘da melhor qualidade’
Foto: Reprodução internet
Novo edital do governo do Maranhão inclui iguarias como caviar, lagosta e champanhe ‘da melhor qualidade’ Reprodução internet

O governo do Maranhão não pretendia rechear com lagostas e patinhas de caranguejo apenas a despensa das residências oficiais da governadora Roseana Sarney (PMDB). A Casa Civil do governo do estado também lançou licitações para compra de comidas e bebidas para o cerimonial e eventos do Palácio dos Leões.

Uísque escocês 12 anos, “vinho e champanhe importados de primeira qualidade”, canapés de caviar e risoto de lagosta são alguns dos itens do pregão aberto nesta quinta-feira e publicado no site da Comissão Permanente de Licitação do governo do estado.

O valor estimado da licitação, R$ 1,3 milhão, é para contratar “empresa especializada em realização de eventos, incluindo serviços de infraestrutura, logística, planejamento, organização e execução de eventos” para atender a demanda de cerimonial do governo do estado.

O lote, que inclui a organização de eventos como almoços, jantares, coquetéis, coffee breaks e brunchs, é de R$ 988 mil. Entre os itens previstos na licitação do governo de Roseana Sarney, em mais um edital publicado no momento em que o estado vive uma crise na segurança pública, iguarias como risoto de camarão, lagosta e caranguejo, pudim de camarão, canapés e tábua de queijos franceses. Para beber, vinhos francês, italiano, chileno, espanhol e português, e champanhe “extra brut, brut, sec e demisec”.

Além das refeições, o governo vai gastar R$ 403 mil com a estrutura de mobiliários e acessórios para eventos, que inclui porcelanas decorativas, lustres de cristal e tapete estilo Persa.

O edital também lista a estrutura que deve ser fornecida pelo prestador de serviços, que inclui jogo de jantar com peças de prata, mais de 2 mil taças de cristal para vinho e água, 500 cadeiras de madeiras “modelo Tiffany ou Dior”, e ainda 250 toalhas e guardanapos de linho.

Na lista de funcionários que devem participar dos eventos, além de garçons, mestre de cerimônia e seguranças, constam ainda no edital cantor, músico e intérprete de linguagem de sinais.

O pregão para a escolha da empresa será realizado em 17 de janeiro. A vigência do contrato é de um ano.

Ontem, a despeito da guerra que acontece no estado, ameaçado com uma intervenção federal na área da segurança pública, Roseana Sarney iria promover licitação às empresas que abasteceriam as geladeiras das residências oficiais do governo: o Palácio dos Leões, no centro de São Luís, e a casa de praia usada pela governadora, na Ponta do Farol. Os alimentos que constam na lista remetem a um cardápio de um restaurante cinco estrelas como lagosta, camarões dos mais variados tipos, bacalhau do Porto e patinha de caranguejo, entre outras coisas. Segundo o G1 publicou na noite de quarta-feira, no entanto, o governo resolveu adiar a licitação.

Segundo comunicado publicado na tarde de ontem, os pregões, que previam um gasto de mais de R$ 1 milhão, ainda não possuem nova data para ser realizada.

A lista da governadora incluía 80 quilos de lagosta fresca, ao custo de R$ 6.373,60; duas toneladas e meia de camarões frescos grande com cabeça, médio com cabeça para torta, seco torrado graúdo sem cabeça e casca, entre outros tipos (mais de R$ 100 mil) e 950 kg de sorvete (oito sabores), que custariam aos cofres estaduais perto de R$ 55 mil. O “banquete”, no papel, ainda inclui R$ 40 mil de filé de pescada amarela fresca e R$ 39,5 mil em patinha de caranguejo fresca. (750 kg). (Confira aqui a lista completa)

Fonte: O Globo

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *