Feira do bairro Nova Esperança, em Juazeiro, é de fazer vergonha

Da Redação

A situação das feiras livre de Juazeiro é de vergonha. Depois de muitos anos, a principal feira, localizada no bairro Alto da Maravilho foi revitalizada, mesmo assim com parte de sua estrutura necessitando de melhorias, investimento e limpeza. Já em utras feiras espalhadas pelos bairros, a situação é deplorável, a exemplo da feira do bairro Alto da Aliança que funciona sem cobertura, sanitários, transito desordenado, falta de fiscalização, estrutura, animais circulando, em fim, uma situação humilhante para quem ali comercializa.

Outra feira que parecer ser pior de todas é a do bairro Nova Esperança. Pelo projeto de construção que foi iniciado, e depois abandonado, observa-se a falta de cobertura, dois sanitários coletivos, sendo um masculino e outro feminino. As pessoas vivem no meio do sol causticante trabalhando em um espaço apertado.

Até a placa que deveria mostrar a origem do recurso, valor, data de inicio e conclusão da obra, foi apagada.   Para muitas pessoas, este local parece mais um abrigo de pessoas abandonadas no meio do tempo. “Ainda assim, o prefeito quer ser reeleito, quer dizer, ele e seu grupo querem passar 50 anos dentro da prefeitura com as pessoas vivendo nestas condições. Querem transformar Juazeiro numa província cubana e isso não podemos permitir”, falou desapontado Márcio Passos.

Outro fato lamentável é que o projeto de reforma do Mercado Joca de Souza não saiu do papel. Já como é ano pré-eleitoral, já estão prometendo o início das obras para as próximas horas. Mas caso comece as obras, não haverá local adequado para acomodar todos os feirantes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *