Governador da Bahia brinca com segurança pública

Da Redação

A segurança pública na Bahia está agonizando, os traficantes estão em disputa de espaço, são mais de 8 grupos e as Polícia Militar e Civil não estão dando conta com tantos bandidos, traficantes, assaltantes de bancos, de ônibus e outros, praticando crimes, aumentando assim o índice de delitos no Estado.

Com as policiais desaparecidas, cidades sem delegados e pouco efetivo, seja na militar ou civil, a situação tende a se agravar mais ainda. Contudo, o governador Rui Costa (PT), em redes sociais e imprensa chapa branca – ou do estado -, afirma que a culpa é da legislação vigente, esquecendo o mesmo que o partido dele, nada tem feito para mudar a legislação, pelo contrário, ajuda a facilitar a bandidagem no país.

Na Bahia, em vez de fazer concurso para aumentar o efetivo das polícias, o governo convoca os policiais da reserva para voltar à trabalhar administrativamente ou paga horas extras à quem está cansado e psicologicamente abalado. A situação pode piorar no estado, caso o governo não se sensibilize com a segurança pública, pois, a bandidagem está se organizando e se armando fortemente podendo tornar o estado como refém.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *