Governadores de 13 estados assinam carta contra decreto pró-armas de Bolsonaro

Dentre outros pontos, gestores apontam riscos de que discussões e brigas entre cidadãos acabem em tragédias

Redação
Foto: Reprodução/ Diário de Pernambuco
Foto: Reprodução/ Diário de Pernambuco

Governadores de 13 estados preparam carta contra o decreto de Jair Bolsonaro (PSL) que ampliou o porte de armas no país, informa a coluna Painel, da Folha.

Segundo a publicação, os gestores pedem que Executivo, Judiciário e Legislativo atuem pela “imediata revogação” do dispositivo. “Julgamos que as medidas previstas não contribuirão para tornar nossos estados mais seguros”, dizem.

“Ao contrário, terão impacto negativo na violência, aumentando a quantidade de armas e munições que poderão abastecer criminosos e os riscos de que discussões e brigas entre nossos cidadãos acabem em tragédias”, argumentam no texto subscrito por governadores da Bahia, Maranhão, Distrito Federal, Piauí, Pernambuco, Ceará, Paraíba, Espírito Santo, Rio Grande do Norte, Alagoas, Sergipe, Amazonas e Tocantins.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *