Governo baiano recua e admite repasse federal de R$ 786 milhões na pandemia

Foto: Reprodução / CNN Brasil

Dias após desmentir a deputada federal Carla Zambelli (PSL) e citar repasse federal de cerca de R$ 400 milhões na pandemia de Covid-19, o Governo da Bahia recuou e admitiu que recebeu quase a totalidade do valor anunciado pela parlamentar, ligada ao presidente Jair Bolsonaro.

Em entrevista ao jornal A Tarde, com pouca repercussão por parte da Secretaria de Comunicação do Estado, o secretário da Fazenda, Manoel Vitório, diz que o Governo da Bahia já recebeu R$ 786,5 milhões oriundos do Programa Federativo de Enfrentamento ao Coronavírus e da compensação pelas perdas do FPE.

De acordo com Vitório, porém, esse valor poderia ser maior. “O pacote de ajuda federal foi desidratado nas discussões entre o Congresso e a equipe econômica, o que a prática reduziu seu alcance, prolongando a situação de dificuldade que os Estados já vinham enfrentando antes da pandemia”, disse.

De acordo com ele, o repasse acordado pela União após o acordo com o parlamento “não foi suficiente” nem “o que estávamos almejando”, mas “pelo menos evitou que no momento de pandemia a situação ficasse caótica”.

No final de semana, após Carla Zambelli dizer que o Governo Federal teria repassado R$ 831 milhões para o Governo do Estado da Bahia investir na luta contra a pandemia do novo coronavírus, a mesma Secretaria da Fazenda informou, por meio de nota distribuída pela Secretaria de Comunicação, que a União havia repassado R$ 400,6 milhões, na forma de recursos emergenciais vinculados ao enfrentamento da crise sanitária.

“Portanto, os recursos extraordinários do Governo Federal para a Bahia equivalem a menos da metade do valor divulgado pela deputada nas redes sociais e pelo aplicativo WhatsApp de forma massiva nesta quarta”, disse a nota.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *