Governos chegam ao fim com cidades em estado de abandono

O hospital de Pilão Arcado está abandonado
O hospital de Pilão Arcado está abandonado

Da Redação

O que era quase certo para muitos e praticamente impossível, principalmente para aqueles que votaram para dar continuidade do grupo que está no poder, está acontecendo, ou seja, a cidade está em completo abandono ao término da administração de alguns prefeitos do Vale do São Francisco, a exemplo das cidades de Sobradinho, Uauá, Casa Nova e Canudos. Em razão de muitas reclamações que chegaram à redação, a reportagem do AP saiu para fazer um levantamento e encontrou vários locais em estado de abandono pelo poder público neste final de mandato.

Várias obras em Sobradinho foram interrompidas por irregularidades
Várias obras em Sobradinho foram interrompidas por irregularidades

Em Sobradinho, não foi difícil encontrar locais que demonstram, principalmente, o abandono da estética, importante para uma cidade turística como a existência do balneário Chico Periquito, onde o prefeito deixou de atender ou mesmo de manter o pouco que fora feito. Nesses locais são fortes os indícios do abandono, sem contar a quantidade de lixo espalhados pelas ruas da cidade, sem obras, hospital fechado, falta de saneamento básico e o que deveria ser mais importante, não foi, o atraso de salários que foi constante durante o mandato de Genilson Silva.

Em Uauá, os animais se alimentam dos restos do lixão
Em Uauá, os animais se alimentam dos restos do lixão

Na terra do Bode – Uauá foram constatados diversos descasos, a exemplo de estradas vicinais abandonadas, hospital que parece mais um açougue, escolas depenadas, frota acabada, execução de aditivo para pagamento de contrato para a compra de combustível cheirando a coisa podre, falta de respeito ao meio ambiente com o chorume do lixão sendo despejado no rio Vaza Barris, animais a exemplo do bode se alimentando no lixão, postos de saúde sem funcionar, crianças estudando em salas no chão batido, cozinha de escolas funcionando ao lado do sanitário podre, incentivo da prática de violência a pessoas antes e durante as ultimas eleições, e por fim, para complicar mais ainda, recente denuncia de que pessoas desconhecidas teriam sido contratadas para forjar depoimentos de compra de votos.

As escolas de Casa Nova estão em estado precário
As escolas de Casa Nova estão em estado precário

Por outro lado, a situação em Casa Nova não é diferente das outras, a população andou consumindo água podre por alguns tempos – havendo informações que a situação ainda continua a mesma -, houve denuncias de desvios de recursos público, lixo acumulado pela cidade, alunos estudando de baixo de chiqueiros, distribuição de Cestas Básicas e água em troca de voto, obras anunciadas e sem conclusão – A praça comunitária da COAB Nova só tem a placa e nada de reforma como foi anunciado, falta de segurança, ruas acabadas, falta de atendimentos na saúde, obras do mercado abandonadas, dentre outros.

O balneário em Sobradinho é abastecido por água sem tratamento
O balneário em Sobradinho é abastecido por água sem tratamento

Já em Pilão Arcado, mesmo o atual gestor João Porfírio (PMDB) se reelegendo, as denúncias são constantes, a exemplo de grandes buracos na cidade, cadeiras escolares quebradas e antigas em sala cheia de fezes de animais, crianças estudam debaixo de arvore na Fazenda Caititu, sanitários abandonados em escolas reformadas da zona rural, grande acumulo de lixo pelas ruas da cidade, falta de reformas nas estradas vicinais, hospital funciona em condições precárias e muitos mais.

O que mais chama atenção são os locais onde isso está sendo constatado pela população e pela reportagem do AP. Locais onde os moradores que reclamam precisam do atendimento com mais freqüência. Com tantos desmandos mencionados acima não tem cidade que esteja em boas condições e que nem seja entregue com dinheiro dentro dos seus cofres, resta somente o abandono e a preocupação de quem vai governar a cidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *