Grupo quer projeto para mudar funcionamento de partidos

Movimentos de renovação política estudam projeto para mudar funcionamento de partidos. Grupo trabalha na elaboração de um manifesto com quatro eixos: aumentar a democracia interna, a transparência na gestão financeira, a integridade moral e a participação das mulheres.

Congresso Nacional, em Brasília Foto: Daniel Marenco / Agência O Globo

O Globo – Por Silvia Amorim

Em reação à ameaça de punição de seus integrantes por legendas como PDT e PSB por terem votado a favor da reforma da Previdência , desrespeitando orientação de bancada, movimentos de renovação política estudam propor um projeto de lei com mudanças no funcionamento dos partidos. O grupo trabalha ainda na elaboração de um manifesto mais amplo, com quatro eixos: aumentar a democracia interna dos partidos, a transparência na gestão financeira, a integridade moral e a participação das mulheres.

Tempo máximo de mandato para presidentes de partidos, proibição de comissões provisórias nas direções partidárias e obrigatoriedade de prévias estão entre as bandeiras defendidas por movimentos de renovação política e dão uma ideia do que pode vir nesse projeto de lei. O PDT , por exemplo, tem Carlos Lupi no comando do partido desde 2004 e vários de seus diretórios espalhados pelo país estão instalados de maneira provisória.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *