Haddad: “Alguém são acreditaria que uma ditadura de 21 anos salvou a nossa democracia?”

Haddad é o convidado desta terça-feira do programa Fórum 11h30. Veja aqui o seu tuíte

Foto: Lula Marques

O ex-prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, perguntou em sua conta do Twitter, na manhã desta terça-feira, 31 de março de 2020, dia do aniversário do golpe militar, se “alguém são acreditaria que uma ditadura de 21 anos salvou a nossa democracia?”.

Haddad afirma que ainda que “tem que ser muito tosco para defender uma tese como essa”.

Haddad é o convidado desta terça-feira do programa Fórum 11h30. Veja abaixo o seu tuíte:

Fernando Haddad

@Haddad_Fernando

Alguém são acreditaria que uma ditadura de 21 anos salvou a nossa democracia? Tem que ser muito tosco para defender uma tese como essa.

“Alguém são acreditaria que uma ditadura de 21 anos salvou a nossa democracia? Tem que ser muito tosco para defender uma tese como essa. #DitaduraNuncaMais

O vice-presidente Hamilton Mourão exaltou, nesta terça-feira, a ditadura que se alastrou no país e perseguiu, torturou e matou minorias e opositores.

“Há 56 anos, as FA intervieram na política nacional para enfrentar a desordem, subversão e corrupção que abalavam as instituições e assustavam a população. Com a eleição do General Castello Branco, iniciaram-se as reformas que desenvolveram o Brasil. #31deMarçopertenceàHistória”, escreveu o vice-presidente de Jair Bolsonaro no Twitter.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *