#Hexa10anos: Com gol olímpico de Pet, Flamengo vencia o Atlético-MG e, finalmente, passava a pensar em título

Petkovic foi o autor do gol, olímpico, que abriu o placar no Mineirão

Petkovic foi o autor do gol, olímpico, que abriu o placar no Mineirão Foto: Pedro Vilela/AGIF/08-11-2009

Há 10 anos, um fim de semana perfeito para o torcedor rubro-negro. Em Belo Horizonte, e em um Mineirão lotado, o time tinha pela frente o Atlético-MG, candidatíssimo ao título há muito tempo naquela temporada. Até a bola rolar, o Flamengo era uma equipe que sonhava com a vaga na Libertadores, depois dos 90 minutos e a vitória por 3 a 1, tudo mudou.

E começou a mudar aos nove minutos do primeiro tempo, com um lance que ficou marcado para o torcedor: o sérvio Petkovic, desacreditadado quando chegou, batia com perfeição um escanteio e fazia seu segundo gol olímpico naquele Brasileiro.

— Eu mesmo não acreditei que fiz o gol. É muita sorte – disse o sérvio, com humildade. Foi o nono e último gol da carreira dele desta maneira, sendo cinco pelo Flamengo.

Ainda no primeiro tempo, Maldonado abriu 2 a 0. O jogo ficou mais duro na segunda etapa quando Ricardinho, campeão do mundo em 2002, diminuiu para o Atlético-MG. No fim, coube ao ídolo Adriano fazer o decisivo gol da vitória.

Dos times do G-4, o Flamengo foi o único a vencer naquele final de semana, o que permitiu ficar a dois pontos do líder São Paulo. Deixaram chegar. A quatro rodadas do fim, o Flamengo era candidato ao título.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *