Homem é preso por espancar, estuprar e enterrar ex em Jacobina

HOMEM_SENDO_PRESO
Uma mulher foi espancada, estuprada e enterrada viva em Jacobina, a 336 km de Salvador, na última segunda-feira (21). Ela conseguiu sobreviver e prestou queixa contra o ex-marido, que foi preso e confessou o crime, alegando que agiu ao descobrir uma traição.

Segundo a Polícia Civil, o caso foi no povoado de Caatinga do Moura. Ione da Silva Araújo, 32 anos, saia de casa quando foi ameaçada pelo ex, Leandro Severo da Silva, 37. Com uma faca, ele a rendeu e a levou até um ponto mais afastado na zona rural, onde a estuprou e agrediu. Segundo a denúncia, Leandro chegou a quebrar um cabo de vassoura dentro da vítima.

Depois da violência, Leandro amarrou pés e mãos de Ione e a cobriu com terra, abandonando-a. Ione conseguiu se arrastar até encontrar uma pessoa. Socorrida, ela foi levada para um hospital da cidade e logo denunciou o ex-marido.

Leandro foi preso em flagrante. Ele confessou o crime e disse que agiu por estar com raiva depois de descobrir uma traição e por não aceitar o fim da relação com Ione – o relacionamento dos dois durou cerca de 10 meses. Ele disse também que estava sob efeito do álcool e não se lembra de todos os detalhes. Segundo a polícia, Leandro chegou a ser preso anteriormente depois de atear fogo na casa da ex-mulher, mas acabou sendo solto. (Correio)

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.