Homenagem a mãe exemplar: Célia Ribeiro Brandão

Da Redação

Dona Célia Ribeiro Brandão completou 91 anos em 11 de abril, natural de São Domingos -PI, em Juazeiro casou-se com Pedro Luiz Brandão, com quem teve doze filhos e os educou com maestria. Cumpriu seu papel de filha esposa e mãe, da melhor maneira possível e hoje reside em Salvador com alguns dos filhos. A poesia a seguir, de autoria de um de seus filhos, Pedro Luiz Brandão Júnior  retrata fielmente o papel exercido por ela.

Minha Mãe Célia Ribeiro Brandão!

Há coisas que nunca mudam, e há outras que ficam cada vez mais fortes. Assim é o nosso amor por ela, mãe! Mesmo que ao meu redor o sol deixe de brilhar e as montanhas se joguem no mar, eu não vou parar de a admira-la.

Quando as minhas forças se esgotarem e as minhas pernas não conseguirem mais andar, o meu coração continuará batendo com o mesmo amor pela pessoa que nos criou!

Nesta vida, só uma pessoa se recusou a me abandonar e esteve do meu lado nos bons e maus momentos. É por isso que nenhuma outra pessoa tem um lugar tão especial na minha vida e da nossa família.

Obrigado por ter transformado o meu ser com o seu carinho e dedicação, e por me dar oportunidade para crescer e para ser quem eu sou hoje. Sei que passou tempos difíceis, em que teve que sacrificar o seu conforto e bem-estar por minha causa e da família. É por isso que você tem a minha lealdade eterna, e será sempre uma prioridade para mim.

Se hoje eu sou feliz, se hoje eu tenho saúde, educação, bons valores, é porque eu tive uma pessoa especial que soube me guiar no caminho certo. E hoje em dia isso é cada vez mais raro, não tem preço.

Muito obrigado pela influência positiva e pelo amor que moldou a minha vida e demais irmãos! Parabéns, minha magnífica e extraordinária mãe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *