Hospitais do Rio identificam três pacientes com bactéria resistente a antibióticos

Uma bactéria resistente ao tratamento com antibióticos, chamada New Delhi metallobetalactamase (NDM), foi identificada em três pacientes internados em unidades de saúde pública do Rio.

hemorio

A Secretaria Estadual de Saúde informou que, em parceria com a Agência Nacional de Vigilância em Saúde (Anvisa), está rastreando as unidades por onde passaram os três pacientes. Segundo os médicos, nenhum dos três tem infecção ou apresentou sintomas de doença por causa da bactéria.

O primeiro caso no estado foi registrado no Instituto de Hematologia (Hemorio) no mês passado. Depois, foi em Campos dos Goytacazes, região norte fluminense, também em agosto; e o terceiro caso foi identificado no último dia 10, em Duque de Caxias, na baixada fluminense.

No Hemorio, bactéria foi encontrada em uma paciente, que já teve alta. O serviço do banco de sangue não foi afetado, mas medidas de precaução foram adotadas para evitar “qualquer caso de infecção hospitalar”. As doações de sangue podem ser feitas normalmente.

O Hemorio é responsável pelo abastecimento de sangue e derivados para cerca de 200 unidades de saúde no estado, entre elas as grandes emergências, maternidades e unidades de terapia intensiva.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *