Joice Hasselmann diz que vai ao Supremo tentar melar a CPI da Lava Jato

A líder do governo no Congresso, deputada Joice Hasselmann (PSL-SP), disse que vai ao Supremo Tribunal Federal (STF) tentar fazer com que deputados “arrependidos” possam retirar o apoio à Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Lava Jato, ou da Vaza Jato, como queiram

O requerimento teve 175 assinaturas validadas pela mesa da Câmara. O prazo para retirada de assinatura já passou.

Com a fritura que o ex-juiz Sérgio Moro vem sofrendo no governo, e com as revelações cabeludas da Vaza Jato, muitos governistas se sentiram livres e incentivados a apoiar a CPI.

Depois que a “vaca foi pro brejo”, a articulação do governo do Congresso sentiu a necessidade de tentar barrar a CPI.

Joice afirma que “mais de duas dezenas de parlamentares foram ludibriados” por terem assinado o requerimento da CPI.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *