Justiça determina detenção de suposto envolvido em escândalo do leite em Curaçá

CPI na Câmara apura desvio do produto
CPI na Câmara apura desvio do produto

Da Redação

A comissão de inquérito da Câmara de Vereadores de Curaçá, Bahia, que foi criada com objetivo de apurar o escândalo do leite convidou por duas vezes uma das pessoas supostamente envolvida no escândalo que desviou mais de 53 mil litros, no entanto, ele não atendeu ao pedido. Por sua vez, os membros da CPI decidiram solicitar ajuda da Justiça local para fazer localizar e levar a pessoa para prestar esclarecimento.

Diante da solicitação, a pessoa foi localizada no município de Paulo Afonso e detido pela Policia Militar daquela comarca. Segundo informações levantadas pelo Ação Popular, alguns vereadores e advogados daquele município entraram em contato com os membros da CPI para tentar contornar o problema para que o acusado não fosse obrigado a ser deslocado até Curaçá, mas o pedido foi rejeitado.

Como não houve acordo, os policiais militares cumpriram a determinação da justiça da comarca de Curaçá em levar o acusado para prestar esclarecimento sobre o desaparecimento do leite.

A chegada do acusado está prevista para as 16h desta tarde. Mais notícias em instantes

Entenda o caso da Máfia do Leite em Curaçá clicando aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.