Lula e a hora da onça

Sessão pode terminar com a assinatura da ordem de prisão

A defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva pediu ao relator do seu caso no Tribunal Regional Federal da 4ª Região, João Pedro Gebran Neto, que informe com cinco dias de antecedência a data do julgamento dos recursos do petista pendentes na corte.

Na petição, os advogados de Lula apontam a “complexidade da ação” e dizem que precisam de tempo para entregar memoriais e se preparar para a sessão, que pode terminar com a assinatura da ordem de prisão do ex-presidente.

Pé no barro – O prefeito João Doria irá na quinta-feira (15) a Campinas, terceiro maior colégio eleitoral de São Paulo. Será a primeira parada de um giro pelo interior antes das prévias em que o PSDB definirá seu candidato ao governo do estado, convocadas para domingo (18).  (Painel – FSP)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *