Marcelo Serrado é acusado de dar calote em decoradora

A decoradora quer receber o valor pedido com juros e ainda cobra danos morais

© Webert Belizio / AgNews

Marcelo Serrado se envolveu numa confusão com sua ex-decoradora Claudia Hauer, que foi parar na Justiça. A profissional acusa Serrado de dar um calote por conta de um serviço prestado, enquanto o ator diz que não pagou porque o trabalho não foi feito como esperado. O caso corre na 19ª Vara Cível do Rio de Janeiro desde 2015.

A reforma aconteceu na cobertura de dois andares do ator em São Conrado, no Rio de Janeiro. A obra incluiu rebaixamento de teto, derrubada de paredes e a criação de ambientes.

De acordo com informações da revista Veja, a obra, orçada em R$ 865.882, ainda consta com R$ 99 mil pendentes. A decoradora quer receber o valor com juros e ainda cobra danos morais. O ator, por sua vez, quer ser ressarcido pelo que gastou depois que a decoradora parou de trabalhar para ele.

Claudia diz que foi chamada para fazer obras no primeira andar da cobertura, mas o ator solicitou que serviços fossem feitos no segundo andar também. Segundo Claudia, ela fez cobranças a Marcelo no decorrer da obra e achou que receberia o dinheiro em breve.

Pouco depois o contrato foi rescindido e a decoradora recebeu cheques que foram devolvidos pelo banco. Ela diz que não conseguiu concluir algumas obras por contas de problemas no apartamento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *