Marido de ex-presidente do PSL é preso com 100 kg de cocaína

“Chicão”, como todos o conhecem, é considerado um dos maiores fornecedores de armas e drogas de facções criminosas

Da Metrópoles

O ex-policial civil e marido da ex-presidente do PSL de Taubaté, Francisco de Paula Santos de Freitas, conhecido como Chicão, foi preso com mais de 100 kg de pasta base de cocaína. Em 2017, Jamila Coimbra assumiu o diretório do partido por dois anos.

A droga, avaliada em mais de R$ 5 milhões, estava em um fundo falso da caminhonete que Chicão dirigia entre Rio de Janeiro e São Paulo. A prisão, feita em ação conjunta da Polícia Rodoviária Federal (PRF) e da Polícia Civil, ocorreu no último dia 3.

O carregamento seria levado para o Complexo da Maré, no Rio de Janeiro. Chicão é considerado pela polícia como um dos maiores fornecedores de armas e drogas de facções criminosas do Rio e de São Paulo.

Essa não foi a primeira vez em que Chicão foi preso. Em 2004, o então policial foi preso após sequestrar um traficante no bairro Parque Três Marias, em Taubaté, e exigir pagamento de R$ 100 mil como resgate.

Por esse crime, enquadrado como extorsão mediante sequestro, ele foi condenado a oito anos de reclusão em 2007.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *