Medina e Italo despacham rivais e vão às quartas no surfe masculino

Primeiro deles eliminou o antigo algoz Julian Wilson e desafia agora o francês Michel Bourez. Italo deu show sobre neozelandês

Do R7

Gabriel Medina segue na busca do primeiro ouro no surfe na história das Olimpíadas

Gabriel Medina segue na busca do primeiro ouro no surfe na história das Olimpíadas

MIRIAM JESKE/COB

Gabriel Medina e Italo Ferreira seguem na busca pelo primeiro ouro olímpico no surfe masculino na história. Na madrugada desta segunda-feira (26), horário de Brasília, eles superaram Julian Wilson e Billy Stairmand, respectivamente, e se garantiram nas quartas de final.

Medina, que entrou na água antes, logo em sua primeira onda acertou um belo aéreo e tirou 7,50, o que deu tranquilidade dele escolher a onda certa para completar o seu somatório. E enquanto o australiano tentava várias entradas, ele teve tranquilidade de esperar a onda certa para conseguir um 6,83 e, com o somatório de 14,33, superar o rival, que teve 13 como a soma de suas duas melhores notas. Ele agora terá pela frente o francês Michel Bourez, que despachou o marroquino Ramzi Boukhiam.

A vitória é especial para Medina, já que ele e Julian possuem uma das grandes rivalidade do WCT, o circuito mundial de surfe. Ao longo dos anos, ele já se enfrentaram em várias oportunidades e o retrospecto entre eles é bastante equilibrado. Gabriel já declarou, inclusive, que o adversário que ele mais gosta de superar em todo o circuito é o australiano.

Italo também é favorito ao ouro

Italo também é favorito ao ouro

REUTERS/LISI NIESNER 

Se a bateria de Gabriel foi bastante movimentada, a seguinte, com Italo Ferreira, foi bastante parada. Com o mar em condições bem piores, tanto o brasileiro quanto o neozelandês Billy Stairmand tiveram dificuldades em encontrar as ondas.

O cenário permaneceu assim até a reta final, quando Italo mostrou os motivos de ser o atual campeão mundial e, com dois lindos aéreos com rotação completa, somou 7,37 e 7,17 para disparar na disputa e, com 14,54 pontos ao todo, venceu o rival, que só fez 9,67 pontos.

Ele espera tem pela frente o japonês Hiroto Ohhara, que eliminou o peruano Miguel Tudela.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *