Monte Santo: Decisão judicial no apagar das luzes beneficia prefeito derrotado

Em plena véspera de final de ano, o TJ-BA decidiu desbloquear R$ 29,2 milhões referente aos precatórios do Fundeb do município de Monte Santo. O ato favoreceu o prefeito derrotado Vando (PSC), que alegou em uma das peças do processo “que a obstrução ao recurso também impede o pagamento de oito contratos já em curso referentes a obras de melhoria à educação local”.
A prefeita eleita Silvania Matos (PSB), que contava com esse recurso para aplicar na área de educação em seu governo, foi pega de surpresa com esta decisão da justiça baiana no apagar das luzes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *