Moradores de Marruá no Salitre lamentam falta de água

Maria Rosimeire

Thalita Bezerra – Ação Popular

Moradores da localidade de Marruá, Salitre, em entrevista ao Ação Popular lamentaram a falta de água na localidade. De acordo com a dona de casa, Maria Rosimeire, a falta de água é constante por conta que o rio se encontra seco há meses. “O nosso maior problema é a falta de água no rio, muitas famílias já saíram de suas localidades e foram embora para outros centros, a principal geração de emprego e renda que é a agricultura deixou de existir levando a todos a uma situação dificil”.

Segundo ela, os carros – pipas ainda continuam abastecendo o local, mas a solução seria a construção de uma adutora. “Os pipas estão colocando água normalmente, mas isso não é a solução, inclusive já fizemos manifesto na CODEVASF e já conversamos com o superintendente Emanuel e o mesmo se mobilizou a ajudar, inclusive já foi feito um projeto de construção da adutora e já foi enviado para Brasília, estamos na expectativa, mas como se trata de político só deus sabe quando vai sair”.

 

Juvenilson da Silva

Diante do fato, o comerciante Juvenilson da Silva, conhecido com Bubu, afirma que ainda não fechou o seu comércio por conta de que tem um gerador. “Estamos precisando de água irrigada para trabalhar, pois no povoado da gente só temos água do poço. Aproveito o espaço para pedir ao prefeito Isaac Carvalho que tente resolver esse nosso problema através de sua influência com o pessoal de Brasília porque precisamos trabalhar”.

Por outro lado, Bubu lamenta também a falta de estradas e energia na localidade. “Por aqui foram tapados alguns buracos, mas ainda precisam ser melhoradas, além disso, é constante a falta de energia, a exemplo de passarmos 1 dia com energia e 5 dias não. Aqui é assim o povo derruba os postes e falta água e isso prejudica todos nós”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *