MP-BA instaura inquérito envolvendo prefeito e secretário para apurar fechamento de oncologia no São Rafael

[MP-BA instaura inquérito envolvendo prefeito e secretário para apurar fechamento de oncologia no São Rafael]
O Ministério Público da Bahia (MP-BA) instaurou inquérito civil que tem como objetivo apurar a desassistência aos ex-pacientes de oncologia que realizavam tratamento no Hospital São Rafael em virtude do encerramento do contrato que o Município de Salvador, através da secretaria Municipal de Saúde, mantinha com a referida unidade hospitalar.
O prefeito ACM Neto (DEM) e o secretário de Saúde de Salvador, Luiz Antônio Galvão, são alvos de uma denúncia apresentada ao MP-BA pelo deputado federal Jorge Solla (PT-BA), segundo o qual cerca de 400 baianos estão sendo prejudicados com a falta de tratamento de câncer realizado pelo Centro de Oncologia Irmã Ludovica Sturaro (Hospital São Rafael), unidade que está em processo de desativação. Diante do inquérito, o MP-BA determinou a realização de diligências para apurar o caso. (Bnews)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *