Mudança de lei das armas favorece traficantes internacionais

Decretos assinados por Jair Bolsonaro acabaram com restrição de uma série de equipamentos, além de reduzir pena de criminosos

www.brasil247.com -
(Foto: ABr)
 

GGN, por Tatiane Correia  Os traficantes de armas foram os principais favorecidos pela série de decretos assinados pelo presidente Jair Bolsonaro para facilitar a compra e uso de armamentos no país.

Levantamento do jornal O Globo aponta que pelo menos sete traficantes de armas condenados por entrar ilegalmente no país com acessórios bélicos (como lunetas, miras ou carregadores) foram absolvidos ou tiveram suas penas reduzidas pelos decretos assinados por Bolsonaro.

Desde 2019, diversas armas e acessórios passaram a ser comercializados e deixaram de fazer parte da lista de Produtos Controlados pelo Exército (PCE). Com isso, esses equipamentos não são mais restritos ou proibidos, e deixaram de depender de uma autorização do Exército para serem adquiridos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.