Nesta reta final de filiações, Isaac Carvalho e outros ocupantes de cargos de confiança são exonerados pelo prefeito Paulo Bomfim

 

Da Redação

Nesta época de pandemia do coronavírus está acontecendo de tudo em Juazeiro. A bola da vez foi a divulgação no Diário Oficial do Município da exoneração do chefe do grupo político que comanda o município há 12 anos, Isaac Carvalho (PT) do cargo de Secretário Municipal. Junto com eles outras pessoas foram exoneradas com possibilidades de disputarem uma vaga na Casa Aprígio Duarte.

É bom lembrar que Isaac não pode ser candidato a nada, isso devido a uma condenação da própria justiça que o deixou inelegível por oito anos.

Quem também entrou no trem da alegria foi o suplente de vereador e ex-secretário da Fazenda, Florêncio Galdino (PDT). Ele vai concorrer a uma vaga na Casa Aprígio Duarte. Já como ele é ‘muito amado e querido’ pelo eleitorado, tendo um  índice populacional exagerado de aceitação, só Deus sabe se ele desta vez se elege.

Outro fato que não surpreendeu a reportagem do AP, foi a exoneração da irmã de Isaac Carvalho, Angelita Carvalho do cargo de Assessora Especial de Gestão. Ela é pré-candidata a vereadora com grande chances de ser eleita devido ao apoio do irmão e da mãe. Em lugares como: Maniçoba, Itamotinga, Mandacaru, e outros, ela pode puxar muitos votos dos aliados que se dizem de primeira mão. Segundo informações de bastidores, a sua candidatura pode prejudicar deixando de fora alguns postulantes dessas comunidades.

Outro nome que surpreendeu nesta reta final foi o do ex-secretário Edvan Gonçalves. Ele estava ultimamente ocupando o cargo de Assessor Especial do Governo Paulo Bomfim. Já como entrou no rol dos demitidos, o mesmo está com o passaporte carimbado para também disputar uma cadeira na casa legislativa.

Nos bastidores, pessoas ligadas à oposição entraram em contato com a reportagem do AP questionam a possibilidade de Isaac concorrer a eleição de prefeito se o mesmo está empepinado com a justiça. É bom que ele foi candidato a deputado federal, obteve mais de 100 mil votos que foram para a lata do lixo prejudicando outros postulantes, inclusive Juazeiro e outros municípios da região.

A briga por espaço dentro do governo já saiu da porta pra fora. Com muitos pré-candidatos a vereadores, o gestor, ou o líder do grupo terá muita dor de cabeça para tentar apaziguar os nervos.

O prefeito Paulo Bomfim tem que ficar com a barba de molho porque Isaac já sinalizou em ser candidato caso consiga uma liminar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *