Neto chama de “leviana” acusação de Bolsonaro contra sua gestão

Foto: Divulgação / Presidência

Apoiador do presidente Jair Bolsonaro no período das eleições, o prefeito ACM Neto, agora critico contante da gestão do militar, revelou que não leu o documento onde o presidente aponta ele o governador Rui Costa como responsáveis pelas mortes por coronavírus em Salvador e na Bahia.

Para o Bahia.ba, Neto ainda afirmou que não está dando importância à publicação, e acusou Bolsonaro de fazer acusações “levianas”.

“Confesso que não li. E não posso acreditar que nenhum governo tenha a capacidade de adotar uma postura ou uma atitude tão leviana. Eu não vou nem dar importância a isso, porque é um documento que não tem nenhum caráter oficial. E, por isso mesmo, não perdi um segundo do meu tempo em ler. E não quero perder dois segundos comentando”, justificou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *