Número de casos confirmados da varíola dos macacos sobe de 111 para 126

Maioria dos pacientes positivados possuem entre 20 e 40 anos de idade

Coleta de exame para casos suspeitos de varíola causada pelo vírus monkeypox
Coleta de exame para casos suspeitos de varíola causada pelo vírus monkeypox – Foto: Divulgação/Secretaria de Saúde do Recife
Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) divulgou, na noite desta terça-feira (27), um balanço do número de casos confirmados da varíola dos macacos. Houve um aumento de 111, no último dia vinte, para 126 no número de positivos. Além disso, o total de notificações também aumentou, pulando de 885 para 1081, destes, 321 estão descartados e outros 617 ainda estão em investigação.

Entre os casos positivos 98 são do sexo masculino e 28 do  feminino. Destes, nove passaram por uma hospitalização,seis devido a necessidades clínicas e outros três para fins de isolamento. 45 pacientes já estão curados e 72 entraram em reclusão domiciliar. As faixas etárias são: 0 a 9 (8), 10 a 19 (12), 20 a 29 (40), 30 a 39 (39) e 40 a 49 (16), 50 a 59 (4) e 60 e mais (7).

As notificações em investigação estão sendo analisadas por meio de duas categorias: casos suspeitos e prováveis. Nos casos suspeitos os pacientes apresentam início súbito de lesão em mucosas e/ou erupção cutânea aguda sugestiva de Monkeypox. Segundo o boletim lançado nesta terça, o número chegou a 556 quadros. A maioria dos pacientesdo é sexo masculino, com 311 casos. O total feminino foi de 247.

Já em relação aos casos prováveis, os pacientes apresentam outros critérios além da lesão cutânea, como exposição próxima e prolongada com caso provável ou confirmado de Monkeypox. Foram registrados 59 casos desta categoria, 43 do sexo masculino e 16 do feminino. Estão divididos nas seguintes faixas etárias: 0-9 (7), 10-19 (9), 20-29 (17), 30-39 (10), 40-49 (14), 60 e mais (2).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.