Número de internados no hospital Albert Einstein por covid bate recorde. Situação vai piorar, segundo presidente da instituição

A propagação da covid em São Paulo está levando à superlotação em hospitais da rede privada, com recorde de internados no Albert Einstein

Hospital Alberto Einstein
Hospital Alberto Einstein (Foto: Divulgação Brasil 247)

O número internados por covid-19 no hospital Albert Einstein, em São Paulo, bateu recorde e é o maior desde o primeiro caso diagnosticado pela instituição, em fevereiro do ano passado. Quase um ano depois, 140 doentes se encontram em tratamento, contra 138 em abril, mês de pico da epidemia. 138 pessoas estavam no hospital.

A coluna de Mônica Bergamo ouviu o presidente do Einstein, Sidney Klajner: “A curva é crescente, e a situação vai piorar”, disse.

As festas de fim de ano agravaram a situação. Em dezembro, o número de pacientes de covid-19 oscilava entre 108 e 110. Subiu para 120 na virada do ano e agora chegou a 140..​

Do total de pacientes, 35% estão em UTI – 26 deles, em ventilação mecânica.

“A situação é preocupante. Temos que seguir nos distanciando. Sair, só o estritamente necessário. Refeições em ambientes fechados, por exemplo, nem pensar”, diz Klajner.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *