O PSB e a Rede começam a andar

A ex-senadora Marina Silva anuncia sua filiação ao PSB

O PSB e a Rede Sustentabilidade promovem ontem o primeiro seminário visando à construção do programa de governo do pré-candidato presidencial Eduardo Campos. Não será uma construção fácil porque a cabeça de Marina Silva, principal líder da Rede, está focada, prioritariamente, nas questões ambientais, que nunca foram prioridade para o PSB. Em todo caso, é preciso dizer aos brasileiros o que esta aliança pretende fazer com o país caso chegue ao poder central nas eleições do próximo ano. Programa de governo nunca foi levado a sério em nosso país porque quem o formula e se compromete a executá-lo geralmente esquece as promessas depois que ganha a eleição. Todavia, todo candidato a presidente tem que ter um, mesmo para descumpri-lo. É que a prática tem mostrado que programa de governo equivale a uma simples e protocolar “declaração de intenções”, menos pelo desejo dos eleitos e mais pela imposição da realidade.

Todo candidato a presidente tem que ter programa de governo, mesmo para descumpri-lo

Aliados estratégicos

Discípula de Celso Furtado, a economista Tânia Bacelar terá um papel relevantíssimo na campanha presidencial de Eduardo Campos. Ela por enquanto não aparece, mas já coleta dados econômicos para municiar o discurso do governador. A outra “cabeça pensante” do PSB é o ex-ministro Fernando Bezerra Coelho, que deseja ficar em Pernambuco para disputar o governo estadual, embora o partido pretenda empurrá-lo para a coordenação nacional da campanha. (Inaldo Sampaio)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *