“O senhor que me demita”, teria dito Mandetta a Bolsonaro segundo a Veja

Os ciúmes de Bolsonaro pelo desempenho do ministro da Saúde na crise do Coronavírus já são indisfarçáveis. Já ficou claro que o presidente quer demitir Mandetta, mas tem medo.

Em um jantar que teve com cabeças do Congresso, Davi Alcolumbre e Rodrigo Maia, na noite desta quinta (2), o ministro contou um tenso diálogo que teve com o chefe por telefone.

Segundo a Veja, Bolsonaro teria dito que Mandetta deveria pedir demissão e deixar o governo. Mas o ministro rebateu: “O senhor que me demita, presidente”.

Depois disso, a briga só teria piorado…

Também ontem, em entrevista concedida à Rádio Jovem Pan, Bolsonaro tornou pública sua insatisfação com o (in)subordinado.

“O Mandetta já sabe que a gente tá se bicando a algum tempo. Eu não pretendo demiti-lo no meio da guerra. Agora, ele é uma pessoa que, em algum momento… Ele extrapolou. Ele sabe que tem uma hierarquia entre nós. Eu sempre respeitei todos os ministros, e o Mandetta também. Ele montou o ministério de acordo com a vontade. Espero que dê conta do recado. Tenho falado pra ele… Ele tá meio… Não é nenhuma ameaça para ele, não…”

Mandetta não vai pedir demissão agora. Vai esperar a pandemia passar. Só resta saber se Bolsonaro vai chegar ao fim da crise, ou se sucumbe antes.

Com informações da Veja

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *