Organizadas extintas são alvo de operação da polícia

Policiais foram até as sedes das organizadas para cumprir mandados de busca e apreensão

Policiais foram até as sedes das organizadas para cumprir mandados de busca e apreensãoFoto: Divulgação/Polícia Civil de Pernambuco

Operação deflagrada pela Polícia Civil de Pernambuco nesta sexta-feira (21) visa aprender objetos como armas, barrotes, soqueiras, bolas de sinuca, bombas e fogos de artifício das torcidas organizadas Jovem e Inferno Coral, extintas pela Justiça na última terça-feira (18). A ação, denominada Abre Alas, teve emitidos quatro mandados de busca e apreensão nas sedes das duas torcidas. As ordens judiciais foram expedidas pela 4ª Vara Criminal da Capital, por decisão do juiz de direito Gilvan Macêdo.

Os mandados também pretendem apreender objetos como bandeiras roubadas de torcidas adversárias, usadas como troféus para incitar o enfrentamento entre as organizadas, segundo a polícia. As torcidas ainda estão sob investigação pela prática de organização criminosa. “[Os dois grupos] estão associados permanentemente para cometer crimes graves, tais como roubos, agressões e tentativas de homicídio”, disse a Polícia Civil em nota.

Todo o material apreendido será encaminhado para a Coordenação de Operações e Recursos Especiais (Core), no Recife.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *