Papa critica hipócritas que “falam de paz e vendem arma”

Em discurso no sul da Itália, Francisco também disse ter medo de líderes populistas, porque o fazem lembrar das “mensagens de ódio dos anos 1930”, em referência ao nazismo e ao fascismo

Papa Francisco (Divulgação)

Em mais uma dura declaração, o Papa Francisco criticou neste domingo (23) os hipócritas que “falam de paz e vendem arma” durante evento na cidade de Bari, no sul da Itália.

Em seu discurso, o papa aproveitou para fazer menção ao “grande pecado da hipocrisia”, já que muitos países “falam de paz e vendem armas aos que estão em guerra”.

O papa disse também ter medo dos discursos de líderes populistas, porque o fazem lembrar das “mensagens de ódio dos anos 1930”, em referência ao nazismo e ao fascismo.

Para Francisco, a guerra “é uma verdadeira loucura, porque é irracional destruir casas, pontes, fábricas, hospitais, matar pessoas e aniquilar recursos em vez de construir relações humanas e econômicas”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *