Para facilitar reforma da Previdência, governo libera emendas no valor de R$ 5 milhões para Juazeiro e R$ 2,47 milhões para Remanso. Outros municípios foram beneficiados

Prefeituras receberão um total de R$ 110,2 milhões; R$ 6,5 milhões são destinados à capital, segundo portarias publicadas no DOU

A alegria é geral no Paço Municipal neste ano pré-eleitoral

As emendas parlamentares liberadas pelo governo federal para a área de saúde, às vésperas da votação da reforma da Previdência, beneficiam 165 municípios baianos que receberão um total aproximado de R$ 110,2 milhões. Todos os valores foram destinados aos fundos municipais de saúde, de acordo com as portarias publicadas em edição extra do Diário Oficial da União, segunda-feira (8).

Salvador e mais sete municípios (Barreiras, Filadélfia, Itatim, Morro do Chapéu, Pindobaçu, São Felipe e Tucano) receberão emendas para complementar despesas com atenção básica e procedimentos de média e alta complexidade. Boa parte das demais prefeituras será beneficiada apenas com valores para atenção básica.

A capital baiana terá um total de R$ 6,5 milhões em emendas à disposição, segundo as portarias nº 1.603 e 1.686, assinadas pelo ministro Luiz Henrique Mandetta. Já a cidade de Juazeiro, no norte do estado, será beneficiada com R$ 5 milhões.

Algumas cidades, como Acajutiba, Barro Alto, Cícero Dantas, Conceição da Feira, Jandaíra e Remanso, foram duplamente contempladas. O município de Remanso receberá, inclusive, um dos maiores valores em emendas entre as cidades do interior, sendo beneficiado com um total de R$ 2,47 milhões.

A Câmara dos Deputados começa a examinar hoje a reforma da Previdência. De acordo com calendário do governo bolsonarista, a matéria pode passar nos dois turnos ainda essa semana na Casa. A oposição, no entanto, alega que a situação não tem os votos suficientes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *