Parafuseta

 

O Tribunal Superior Eleitoral precisa ter alguém que entende de tecnologia, tenha ampla capacidade de explicar de forma simples o digital, e leve consigo carta branca para dar respostas em público, via imprensa e redes sociais, no período das eleições. O voto eletrônico é uma conquista importante demais da democracia brasileira e tem gente que quer abalar sua credibilidade. No domingo, o ataque parece ter sido sincronizado. Foi também de baixa eficácia. Ótimo. Mas o TSE não ajudou. O ministro Luís Roberto Barroso deu explicações, ao longo no domingo, que lembravam um mecânico falando de rebimboca da parafuseta. Não faziam muito sentido.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *