Pedido de cassação de Isaac teve decisão judicial adiada

Isaac Carvalho

Da Redação

A decisão judicial a respeito das denúncias da coligação “Unidos para acelerar Juazeiro”, representada pelo candidato, Márcio Jandir (PV), que pede entre outras coisas a cassação do diploma de prefeito de Isaac Carvalho (PC do B), foi adiada.

O Juiz Ednaldo Fonsênca, titular da 47ª Zona Eleitoral, na audiência de hoje (23), constatou que nos autos existiam três representados: o prefeito Isaac, o vice Francisco Oliveira (PT) e a coligação “Prá Juazeiro seguir em frente”, e que apenas o prefeito Isaac Carvalho tinha sido notificado e apresentado defesa.

O vice Francisco Oliveira (PT) e a coligação “Prá Juazeiro Seguir em Frente”, não haviam sido notificados. As acusações são de Abuso de Poder Econômico, Poder Político e de autoridade; Uso Indevido de Meio de Comunicação Social, conduta vedada a agente público.

Na audiência o Juiz determinou ao Cartório Eleitoral que o vice-prefeito, dentro dos prazos regimentais, seja notificado e apresente a sua defesa, além da abertura de uma sindicância para apurar equívoco ou má-fé no fato das demais partes não terem sido notificadas como reza a Legislação Eleitoral. Segundo o Magistrado isso deve ocorrer num prazo de quinze a vinte dias para que o processo retome o seu trâmite normal.

Entretanto, ao final da audiência, o advogado Pedro Cordeiro da coligação “Unidos para acelerar Juazeiro” argumentou essa foi uma estratégia do prefeito para adiar a decisão, mas que a parte denunciante vai abdicar da representação contra o vice nas próximas horas, e assim o processo será retomado imediatamente.

“No nosso entendimento, se o prefeito for cassado o mesmo ocorrerá com o vice porque a chapa é indivisível. Assim vamos abdicar da representação contra Francisco Oliveira e a decisão na Justiça Eleitoral pode ocorrer em quatro ou cinco dias”, esclareceu.

Como o fato tem gerado muita expectativa desde a eleição, foram muitos os populares presentes no Fórum da Justiça Eleitoral em Juazeiro. Em razão do anúncio nas redes sociais de que haveria manifestação no Fórum, várias viaturas e muitos policiais militares estiveram garantindo a segurança no local, não sendo registrado nenhum incidente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *