Pedro Peixinho fala sobre a cultura em Uauá

Pedro Peixinho
Pedro Peixinho

Da Redação

O assessor especial de cultura do município de Uauá, Pedro Peixinho, em entrevista ao Jornal Ação Popular fez um diagnóstico da cultura nos pequenos municípios brasileiros e lembrou a necessidade de investimento nessa área, ressaltando sua importância e tomando como parâmetro Uauá.

O município que foi destaque na Conferência Territorial de Cultura, e que teve o maior número de delegados eleitos e participantes, está engajado em promover o resgate da cultura. “A segunda conferência de cultura de Uauá foi um sucesso, ao contrário da primeira, realizada na gestão passada que foi feita em um cubículo, saíram catando as pessoas pra dar um quórum, fizeram uma armação, uma eleição a ‘migué’, elegeram um delegado, mas não sei nem se chegaram a ir”.

Peixinho revela que a Cultura, assim como Turismo e Esportes, são áreas prejudicadas nos municípios brasileiros, porque não tem investimento direto dos fundos federias e municipais. “Fizemos a conferência aqui, praticamente, sem recurso. A cultura, o turismo, o esporte nesses municípios pequenos apenas sobrevivem. Não tem praticamente nada no orçamento. Não é como a educação, a saúde, a ação social que vem fundo específico do governo federal para essas áreas”.

“A gente hoje faz cultura com boa vontade, mobilizando as pessoas. Aqui, em Uauá o projeto cultural não existia. As coisas andavam emperradas. Faziam mal o São João. A gente entende que cultura não se restringe a São João. Cultura é uma coisa muito mais ampla, que se vê no dia a dia, nas Bandas de Pífanos, nos reizados, no tear do artesão. A gente tem que focar nisso também, jogar a cultura na rua, incentivar”.

Ele revela que está recomeçando, praticamente do zero. “Havia uma preocupação com cultura na época de Pedro Ribeiro, passando por Pitu, depois disso parou. Falta de condição. Mas estamos fazendo um grande diagnostico cultural, artístico, artesanal no município e vamos investir nisso”.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *