Pelé refuta declarações sobre depressão e diz a fãs que está bem

Pelé negou que esteja com depressão

Pelé negou que esteja com depressão Foto: Christian Hartmann/Reuters
Reuters

(Reuters) – Pelé rejeitou na quinta-feira declarações de que estaria deprimido e recluso na quinta-feira e garantiu aos fãs que está indo bem e mantendo uma agenda cheia.

O filho de Pelé, Edinho, disse em uma entrevista publicada na segunda-feira que o tricampeão mundial estava deprimido e relutante em sair de casa porque não consegue se locomover adequadamente devido a problemas nos quadris.

“Eu estou bem”, disse Pelé, que completará 80 anos em outubro. “Continuo aceitando minhas limitações físicas da melhor maneira possível, mas pretendo manter a bola rolando.”

“Tenho meus dias bons e maus. Isso é normal para pessoas da minha idade. Não tenho medo, sou determinado, sou confiante no que faço”, acrescentou.

Pelé, considerado um dos maiores jogadores de futebol da história, é o único jogador a vencer três Copas do Mundo.

Ele sofre de problemas no quadril há anos e não pode andar sem ajuda. Muitas de suas aparições públicas mais recentes foram em cadeira de rodas.

No entanto, amigos do ex-jogador do Santos e do New York Cosmos disseram que janeiro foi um dos meses mais movimentados em anos.

Ele fez sessões de fotos e trabalho de patrocínio e está cooperando com um diretor britânico fazendo um documentário sobre sua vida no futebol.

“Eu não evito cumprir compromissos da minha sempre movimentada agenda”, afirmou Pelé em comunicado.

Este verão marcará o 50º aniversário de seu terceiro título da Copa do Mundo, conquistado no México em 1970, com o que muitos classificam como a maior equipe de todos os tempos.

(Reportagem de Andrew Downie)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *