Pesquisa Fórum: Maioria dos que votariam em Bolsonaro têm mais de 60 e renda acima de 5 salários mínimos

Levantamento revela ainda que a região Norte é onde o presidente tem maior eleitorado

2ª Pesquisa Fórum, realizada pela Offerwise entre os dias 14 e 17 de maio, mostra que se a eleição fosse hoje aproximadamente um em cada três brasileiros votariam em Jair Bolsonaro. No levantamento espontâneo, 31,1% dizem que votariam no atual presidente da República. Quem são esses eleitores? Além de ter índices maiores no gênero masculino (36,5% das intenções), Bolsonaro ainda tem 38,6% dos votos de quem tem 60 anos ou mais. Mas há ainda outros segmentos onde ele tem percentuais maiores.

Segundo o levantamento, o presidente da República tem maior apoio entre as pessoas que recebem entre 5 e 10 salários mínimos (42,2%) e na faixa de 10 a 20 salários mínimos (38,6%). Chama a atenção que neste segmento de renda, de 10 a 20 salários, 14,9% dos entrevistados afirmam que votariam no ex-ministro da Justiça e ex-juiz da Lava Jato, Sergio Moro. No levantamento geral, Moro tem apenas 3,8%.

A região onde o presidente tem maior intenções de voto é a Norte, onde 47,6% dos entrevistados dizem que votariam nele. Esta região é a com menor percentual de indecisos, apenas 15,7% não sabem em quem votaria. O Centro-Oeste é que apresenta menor índice de votos em Bolsonaro, com 23,8%. No Nordeste, 27,8% dizem que votariam em Bolsonaro, enquanto o ex-presidente Lula tem seu melhor percentual nessa região, com 16,7% dos votos. No Sul, Bolsonaro tem 30,9% e no Sudeste, 31,5%. Nestas regiões, Lula tem índices mais baixos do que a média geral, com 8,6% e 4,8% respectivamente.

Em regiões metropolitanas, Bolsonaro tem 38,1%. Nas capitais, são 28,8% e no interior, 30,5%.

Entre as ocupações, 51,4% dos profissionais liberais apontam que votariam em Bolsonaro se a eleição fosse hoje, assim como 42,5% dos assalariados sem registro. Já entre os funcionários públicos, somente 23,9% votariam em Bolsonaro. O governo Bolsonaro defende uma reforma administrativa onde o funcionalismo não tenha mais estabilidade e o ministro Paulo Guedes já chamou servidores de “parasitas”. Fernando Haddad cresce nesse segmento e tem 9% das intenções de voto. Entre as pessoas que fazem trabalhos eventuais (free lancers ou bico), 23,9% afirmam que votariam no ex-presidente Lula.

Pesquisa Fórum, realizada em parceria com a Offerwise sob consultoria de Wilson Molinari, ouviu 1.000 pessoas de todas as regiões do Brasil entre os dias 14 e 17 de maio e tem uma margem de erro de 3,2 pontos porcentuais, para cima ou para baixo. O método de coleta foi o uso de painel online e a coleta de informações representa em parcela a população brasileira. (Saiba mais aqui sobre a metodologia.)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *