Petrolina: Enquanto o povo sofre na periferia com alagamentos, vereadores transformam Casa Plínio Amorim em rigue com baixarias e troca de farpas

Da Redação

Mais uma vez os vereadores de Petrolina deram uma demonstração vergonhosa à sociedade referente ao tipo de comportamento não exemplar que vem sendo demonstrado para sociedade. Nesta época em vez de se reunirem para resolver os problemas de quem está na periferia sofrendo com as inundações provocadas pelas chuvas, eles transformam a casa do povo em um ringue.

Vereador Gilmar santos fez graves questionamentos

As trocas de farpas entre os vereadores Gilmar Santos (PT) e Ronaldo Cancão PTB) extrapolaram os limites durante a sessão ordinária de ontem (04) no meio à questionamentos sobre supostas irregularidades nos bastidores da mesa diretora da casa e ainda ameaças graves por parte do vereador cancão. Segundo informações de Neya Gonçalves,  Rádio Grande Rio FM/ Nossa Voz, houve um momento em que faltou folego em Ronaldo deixando alguns presente preocupados devido a situação de sua saúde por passar por tanta raiva.

Toda a discursão começou durante a votação do projeto da Lei Orçamentária Anual de 2019 (LOA) que foi aprovada no meio ao tumulto e bate boca, mas o fato se deu devido as criticas feitas pelo vereador Gilmar sobre a reforma administrativa na Casa Plínio Amorim. Mas o que levou Cancão a mudar de cor foram as insinuações de Gilmar sobre os ‘supostos arrumadinhos na câmara entre o presidente Osório Siqueira e seus apoiadores’, isso porque alguns foram contra o projeto de reeleição, mas depois do projeto aprovado o projeto já estavam de braços dados, com cargos na mesa diretora que vai assumir a partir de primeiro de janeiro do próximo ano.

“R$ 1,3 milhão aproximadamente foi utilizado aqui este ano por mês, e no próximo ano será R$ 1,5 milhão aproximadamente. A pergunta é, este hum milhão e meio  está sendo usado e apresentado para a população de Petrolina de forma transparente ou está tendo esquema e arrumadinho? A pergunta é, a lei que vai ser votada vai garantir que a população tenha melhores serviços a partir desta Casa? Os profissionais que serão contratados porque o vereador que é presidente nesta casa vai indicar seus amigos, correligionários, cabos eleitorais ou serão servidores que estão com qualificação, com formação adequada para servir a nossa população? Esta casa suportaria um minuto de investigação do Ministério Público? Suportaria? Outro dia encaminhei um oficio solicitando cargo a cargo desta casa, então quero saber onde estão localizados estes cargos, pois a informação que me chegou foi uma lista de cargos, mas omitiram onde  estavam cada os cargos. Eu como representante do povo tenho direito de explicar cada cargo, quem está recebendo o que, e se realmente está trabalhando, se não são funcionários fantasmas,  laranjas ou se não estão dando prejuízos ao nosso povo. Pois esta informação foi negada”, detonou o vereador Gilmar Santos.

Vereador Ronaldo Cancão se transformou numa arara com os questionamentos de seu opositor. Por pouco não infartou de tanta raiva

Quem ficou ‘pt’ da vida com os questionamentos foi o vereador Ronaldo Cancão.  “Quando Vossa excelência diz que junta à comissão para fazer acordo, arrumadinho, vossa excelência insinua que sou corrupto; eu estou com a palavra; quem deve falar baixo é o senhor, me respeite. O senhor é indisciplinado, o senhor não tem moral, sabe por que, porque o senhor faz acusações levianas”, disparou o vereador Cancão em tom grosso com voz ofegante.

Por sua vez, o vereador Gilmar tentava rebater o tom de seu adversário, deixando-o mais revoltado. “O senhor cale a boca, cale a boca. Ele quer chamar a gente de bandido, o senhor usa mascara”, desabafou. Demonstrando falta de controle, Cancão partiu para ameaça. “Eu resolvo seu problema fora daqui. Estou cansado de está assistindo estas agressões e depois se fazer de vitima. Tire a máscara, vamos abrir as contas eu e você, vamos pegar os cargos da câmara. Tire a máscara, eu nunca tive aqui problema pessoal com ninguém, mas eu cansei hoje de ser ofendido. Não vou chamar você de vossa excelência porque não merece”.

Cancão confirmou um dos questionamentos sobre a possibilidade de fazer parte da direção da Casa Plínio Amorim no próximo ano. “A partir de primeiro de janeiro sou vice-presidente desta casa. A página está virada, a mesa hoje é esta, a mesa a partir de janeiro estou nela e aí vamos nos encontrar”, concluiu altamente exaltado.

Por sua vez, o presidente da Casa, vereador Osório não ficou calados em não responder os questionamentos do vereador Gilmar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *