PMDB fecha questão a favor da reforma da previdência

A executiva nacional do PMDB fechou questão nesta quarta-feira (6) a favor da aprovação da reforma da previdência e quem não seguir esta orientação será punido. O PTB tomou esta mesma posição, segundo o seu presidente Roberto Jefferson.

O pedido para que o PMDB fechasse questão foi feito pelo presidente Michel Temer ao dirigente nacional da legenda, senador Romero Jucá (RR), para servir de exemplo aos outros partidos que compõem a base aliada.

Para ser aprovada na Câmara Federal, a PEC da reforma previdenciária precisa de 308 votos, em dois turnos. E o desejo do presidente Rodrigo Maia (DEM-RJ) é colocá-la em votação na próxima semana.

O PMDB de Pernambuco tem apenas um deputado no exercício do mandato, que é Jarbas Vasconcelos, e ele já anunciou publicamente que votará a favor da reforma. O outro, Kaio Maniçoba, está licenciado do mandato porque assumiu a Secretaria de Habitação do governo Paulo Câmara.

Segundo Romero Jucá, deputado que votar contra a reforma será encaminhado ao Conselho de Ética, a quem caberá estabelecer que tipo de punição deverá ser aplicada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *