‘Políticos filhinhos de papai só lembram do pobre na hora da eleição’, diz Rui

“Só multiplicam o patrimônio próprio, o povo empobrece e eles enriquecem”, complementou o governador

Redação
Foto: assessoria
Foto: assessoria

 

Em discurso após a caminhada na Avenida Cinquentenário em Itabuna, ao lado do candidato ao Governo da Bahia, Jerônimo Rodrigues (PT), na noite desta quarta-feira (17), o governador Rui Costa (PT) voltou a atacar, sem citar nomes, os adversários do petista nas eleições deste ano. Segundo o chefe do Executivo estadual, “o lado de lá se juntou para destruir tudo, os dois candidatos a governador do atual presidente Jair Bolsonaro (PL)”.

“Eu lembro que a minha mãe me falava: ‘esses políticos filhinhos de papai, de gente milionária, só lembram do pobre na hora da eleição. Quando a favela desaba, eles não aparecem’. Eu entrei na política para cumprir uma missão, a missão de cuidar de gente. Eu não podia virar as costas para o meu povo e deixar que o povo ficasse vulnerável para oportunistas, os milionários que nunca cuidaram das pessoas. Só multiplicam o patrimônio próprio, o povo empobrece e eles enriquecem”, complementou Rui.

O senador Otto Alencar (PSD), candidato a reeleição na chapa de Jerônimo, também esteve presente na caminhada, assim como o presidente da Câmara Municipal de Salvador, Geraldo Júnior (MDB), candidato a vice-governador.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.