Potó em Juazeiro e Petrolina começa causar problemas

Da Redação

O aparecimento de potós em Juazeiro e Petrolina tem deixado inúmeras marcas nas pessoas. Infestações começam com a chegada do calor e o inseto pode causar queimaduras de até 2º grau. Ainda assim, as queimaduras geralmente ocorrem à noite, principalmente nas partes do corpo que ficam descobertas durante o sono. O inseto se instala próximo às luzes brancas das residências e buscam por lugares quentes.

“As medida iniciais são lavar o ferimento com água e sabão e posteriormente fazer o uso de uma compressa com água fria no local. Se não tratada corretamente, a queimadura de potó pode resultar em uma infecção secundária e até cicatrizes. Nesses casos, a pessoa deve procurar o médico para uso de medicamentos” explicou a dermatologista Yáscara Pinheiro durante entrevista ao G1 Piauí.

“É importante, assim como em qualquer queimadura, evitar sol. O uso de receitas caseiras como pasta de dentes e maisena deve ser evitado, pois podem agravar ou propiciar infecção secundária e piorar a lesão. Na grande maioria das vezes é melhor não atrapalhar o processo de cicatrização natural da nossa própria pele. Nunca fazer uso de um produto sem recomendação médica”, completou.

O inseto é capaz de provocar lesões que se assemelham a uma queimadura por fogo ou produto químico. A substância é liberada pelo inseto quando ele é esmagado contra a pele. A gravidade das lesões pode depender de alguns fatores como a quantidade da substância e sensibilidade pessoal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *