PP, PL e Republicanos devem formar Federação após criação do União Brasil

Foto: Reprodução / Instagram

PP, PL e Republicanos estudam atuar de forma conjunta para fazer frente ao União Brasil, partido fruto da fusão do Democratas, de ACM Neto, com o PSL, que nasce com uma “superbancada” de mais de 80 deputados federais.

Segundo informações do jornal O Globo, os partidos pretendem formar uma Federação Partidária, permitida após a derrubada do veto presidencial, e que já valerá a partir de 2022. O modelo permite que alguns partidos se alinhem e façam uma “fusão reversível” por um período de quatro anos.

O ministro da Casa Civil, Ciro Nogueira, que também preside o PP, teve conversas com Valdemar Costa Neto, presidente do PL, além de ter entrado em contato com Marcos Pereira, presidente do Republicanos. Juntos, os partidos teriam 116 deputados federais.

A publicação ainda diz que outros partidos estudam adotar o mesmo modelo. Uma outra federação discutida é entre Cidadania, Rede e PV.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *