Prefeito de Lagoa Grande fecha laboratório e causa pânico na cidade com dezenas de demissões

Redação

Segundo informações chegadas ao AP por ex-funcionários contratados do município de Lagoa Grande, o prefeito Vilmar Capellaro (PPS) decidiu entrar na contra-mão da história por fechar o laboratório de análise clínica do município. Inclusive, esse laboratório atende pacientes do hospital municipal.

A saúde já andava arrasada, e depois do fechamento do laboratório a situação se agrava

Ainda segundo informações, o gestor decidiu terceirizar os serviços com um outro laboratório particular, localizado na cidade vizinha de Petrolina, o que obriga os pacientes que necessitam de exames de urgência à fazerem coletas e enviar para Petrolina, havendo assim um risco de morte devido a demora na entrega e a qualidade do resultado.

Ainda segundo informações, o gestor decidiu tomar tal medida para cortar gastos, mas que pode custar caro em pleno ano pré-eleitoral deixando a população de seu município desamparada, obrigando muitas das pessoas à procurarem outras cidades para cuidarem da própria saúde.

Para complicar mais ainda, o caos tem se alastrado pelo município com dezenas de pessoas perdendo seus empregos devido aos cortes aplicados pelo gestor municipal. Para a oposição, o final de ano dessas famílias não será nada bom, inclusive para o comercio que já vem sofrendo com o pouco movimento.

Com a palavra a administração municipal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *