Prefeito de Uauá (BA) convoca reunião de urgência com secretários

Prefeito eleito Olimpio Cardoso

Por mais que tentasse encontrar uma saída para contornar os problemas deixados pela administração anterior, o prefeito de Uauá, Bahia, Olimpio Cardoso (PDT), não encontrou saída para solucionar determinados problemas. Para esta semana, Ele está organizando reuniões com secretários, lideranças políticas de sua base e contratados para anunciar medidas nada agradáveis nos próximos dias.

Com nove meses de governo, Olímpio e seus pares tem enfrentado inúmeros obstáculos a exemplo de limparem o nome da Prefeitura no CAUC, e no dia seguinte o nome retorna ao registro negativo porque inesperadamente mais uma pendência foi detectada. No início do governo ele conseguiu pagar salários atrasados, tirar o nome de funcionários que estavam com nomes sujos em bancos devido à falta de repasse das parcelas referente a empréstimos consignados.

Com o passar dos meses novos problemas foram surgindo devido a constante queda de receita. São vários projetos acumulados em gavetas, entidades sindicais acionando a justiça para garantir pagamento de salários, atrasos de pagamentos a prestadores de serviços e fornecedores, cumprimento de acordo com INSS com valores exorbitantes, e a cada dia a máquina ficando travada sem perspectiva de melhora porque a política econômica do Governo Dilma fica com 70% da receita deixando todos os municípios no abismo.

Sem condições, alguns gestores entregaram os cargos, outros suicidaram a exemplo do ex-prefeito do município baiano de Aporá, José Raimundo de Santana (PT), em fevereiro deste ano. Ainda assim, os gestores são obrigados a cumprirem as determinações do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *