Prefeitura do Paulista esclarece que buscas da PF decorreram de denúncia da própria Prefeitura por suspeita de crime eleitoral pela gestão transitória do vice-prefeito Jorge Carreiro

 

A Prefeitura do Paulista se posicionou, por meio de nota, sobre as buscas e apreensões realizadas ontem, 27, na Secretaria de Educação do Município, por determinação da Justiça Eleitoral.

De acordo com a Secretaria de Imprensa do Paulista, “A denuncia de crime eleitoral partiu da prefeitura do Paulista, que encontrou arquivos nos computadores da secretaria de educação, com indicações politicas de vereadores e do candidato Yves Ribeiro.”

Na tarde de ontem,  a Polícia Federal confirmou, também por nota, a apreensão de computadores na sede da Seduc do Município para perícia. Acaso sejam localizadas irregularidades, a corporação informou que será instaurado inquérito.

O Município tem sido palco se um revezamento entre o atual prefeito, Júnior Matuto e seu vice, Jorge Carreiro, por determinações judiciais, em decorrência de Operações policiais.

Os candidatos do atual Prefeito e de seu vice disputam o segundo turno que deve ser definido amanhã.

O vice-prefeito e o candidato Yves Ribeiro não entraram em contato com o Blog, mas o espaço está aberto.

Fonte: Blog Noélia Brito

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *