Presidente do Senado reage a comentários homofóbicos sobre vídeo com o pai

Reprodução

 Davi Alcolumbre, o presidente do Senado, reagiu nesta segunda-feira (17) a comentários sobre um vídeo que circula nas redes sociais em que ele está dançando com seu pai, Samuel José Tobelem. Ele disse que o Congresso Nacional deve buscar “dados e evidências” sobre “surtos de intolerância” e pensar em maneiras para criminalizar atos de ódio.

Segundo Alcolumbre, o vídeo é antigo e foi gravado em um Carnaval de rua: Davi está dançando enquanto Samuel brinca e faz carinho no filho.

Davi publicou em seu perfil do Twitter uma pequena thread sobre o assunto:

“Há uma crescente onda de intolerância, preconceito e desrespeito toma conta das redes sociais. É inacreditável que algumas pessoas sejam tão desrespeitosas que se sintam no direito de agredirem, sem mais nem menos, a imagem de um pai feliz em um momento de descontração com o filho.
Um vídeo antigo meu, dançando carnaval de rua com meu pai, está sendo editado e espalhado pelas redes sociais, de forma criminosa, com mensagens machistas, homofóbicas e antissemitas.
Todos os dias, em algum lugar, alguém é ofendido gratuita e injustificadamente nas redes sociais. Definitivamente, o mundo não precisa disso.
O Congresso seguirá trabalhando em estudos rigorosos com dados e evidências p/entender esses surtos de intolerância do mundo virtual, buscando sempre a defesa dos direitos humanos e a liberdade de expressão, mas tmb buscando caminhos p/criminalização de atos de ódio e intolerância.
A democracia é perfeita, porém quando um pequeno grupo, e digo pequeno diante da imensidão de cidadãos que não compactuam com essas atitudes, acredita mesmo poder, impunemente, atacar, ofender e ferir quem quer que seja, todos perdem.
Como figura pública procuro não me abater diante de ofensas e divergências, mas hoje me senti na obrigação de filho em defender meu pai.”

Davi Alcolumbre

@davialcolumbre

Uma crescente onda de intolerância, preconceito e desrespeito toma conta das redes sociais. É inacreditável que algumas pessoas sejam tão desrespeitosas que se sintam no direito de agredirem, sem mais nem menos, a imagem de um pai feliz em um momento de descontração com o filho.

2.485 pessoas estão falando sobre isso

O vídeo trouxe uma enxurrada de comentários homofóbicos e críticas por suposta quebra de liturgia do cargo que ele ocupa. O blogueiro bolsonarista Allan dos Santos, do site Terça Livre, sabujo do presidente Jair Bolsonaro, publicou o vídeo perguntando: “Que encouchada (sic) é essa?”.

Allan dos Santos (oficial)@allantercalivre

Que encouchada é essa, @davialcolumbre? A coisa tá animada, hein?!

Vídeo incorporado

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *