Presidente nacional do PSB não quer mais saber de candidato próprio

Depois que o ex-ministro Joaquim Barbosa desistiu de ser candidato a presidente da República pelo PSB, o presidente nacional desse partido, Carlos Siqueira, descarta o lançamento de outro nome para concorrer à sucessão do presidente Michel Temer.

Segundo ele, após a desistência de ex-ministro, restaram duas opções ao PSB: coligar-se com um partido que tenha identidade com o PSB ou liberar as secções estaduais para fazerem as alianças que sejam do seu interesse.

A secção de Pernambuco torce por esta última solução dado que o governador Paulo Câmara (PSB) está em conversações com a direção nacional do Partido dos Trabalhadores.

“O PSB está indefinido e não há razão para pressa. Se as convenções vão até agosto, por que temos que decidir agora? Quem tem pressa são os outros, que estão nos procurando”, declarou Carlos Siqueira.

O PSB tem sido procurado por Geraldo Alckmin (PSDB), Ciro Gomes (PDT), Marina Silva (Rede), Álvaro Dias (Podemos) e Manoela D’Avilla (PCdoB).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *