Professor é investigado por importunação sexual contra três estudantes de escola estadual no Recife

O profissional foi afastado e poderá ter o contrato cancelado, segundo informou a Secretaria de Educação e Esportes de Pernambuco

O crime ocorreu dentro da unidade de ensino
O crime ocorreu dentro da unidade de ensino  – Foto: Reprodução/Google Street View

Um professor de 66 anos é suspeito de importunação sexual contra três estudantes da Escola Estadual Pintor Lauro Villares, no bairro dos Torrões, na Zona Oeste do Recife. O crime ocorreu dentro da unidade de ensino e a denúncia foi registrada nessa terça-feira (22).

O profissional foi afastado e poderá ter o contrato cancelado, segundo informou a Secretaria de Educação e Esportes de Pernambuco (SEE-PE). De acordo com a Polícia Civil, as três vítimas possuem 13 anos e afirmam terem sido assediadas pelo professor, que não teve o nome divulgado.

A pasta de educação informou que o Conselho Tutelar foi acionado e que a gestora da unidade de ensino e as alunas envolvidas, acompanhadas de seus responsáveis, foram ao Departamento de Polícia da Criança e do Adolescente (DPCA), na Zona Oeste da cidade, registrar um boletim de ocorrência.

Ainda de acordo com a SEE, o professor envolvido foi afastado da escola e, após a conclusão da investigação, poderá ter o contrato cancelado. A pasta disse também que um outro professor será enviado à escola para dar continuidade ao calendário letivo.

“A SEE-PE reitera que repudia qualquer tipo de atitude que configure crime, e que preza pelo bem-estar da comunidade escolar dentro das instituições de ensino. Além disso, a Escola Estadual Pintor Lauro Villares promove ações e projetos de prevenção de conflitos, enfrentamento à violência, bom relacionamento, respeito e paz”, afirmou a pasta, por meio de nota.

A PCPE informou que, além de importunação sexual, o homem também está sendo investigado por “outros ilícitos penais” não informados e que as diligências seguem até o esclarecimento do caso.

Confira íntegra nota da Secretaria de Educação e Esportes de Pernambuco:
“A Secretaria de Educação e Esportes do Estado informa que a gestão da Escola Estadual Pintor Lauro Villares tomou conhecimento e está acompanhando o suposto caso de assédio que teria acontecido no ambiente escolar. Nesta terça-feira (22), a gestora da unidade de ensino e as alunas envolvidas, acompanhadas dos responsáveis,  foram ao Departamento de Polícia da Criança e do Adolescente (DPCA) para fazer um Boletim de Ocorrência.

Antes de ir à delegacia, o Conselho Tutelar foi acionado pela gestão escolar. O professor envolvido foi afastado da escola e, após a conclusão da investigação, poderá ter o contrato cancelado. Outro professor será enviado para dar continuidade ao calendário letivo da disciplina.

A SEE-PE reitera que repudia qualquer tipo de atitude que configure crime, e que preza pelo bem-estar da comunidade escolar dentro das instituições de ensino. Além disso, a Escola Estadual Pintor Lauro Villares promove ações e projetos de prevenção de conflitos, enfrentamento à violência, bom relacionamento, respeito e paz.”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.