Professor larga esposa para ficar com aluna

Uma britânica atropelou o próprio marido após descobrir traição. Mark, de 37 anos, é professor de educação física, e afirma que o casamento já estava à beira da ruína quando decidiu seduzir a aluna Lucy Gill, de 18 anos. Maria Addis, de 34, até então esposa do licenciado, constatou a traição ao ver mensagens indiscretas que Mark trocava com Lucy.

Revoltada, Maria, de Pontypridd (no País de Gales), discutiu com o marido. Transtornado, ele abandonou a casa depois de confirmar o caso com a garota. Contudo, a mulher entrou no carro e o atropelou ainda na calçada. Antes de passar o carro por cima dele, gritou, segundo testemunhas: “Ela só tem 18 anos!”. A tentativa de homicídio fez com que a mãe de duas crianças fosse levada à delegacia.

Mark foi encaminhado para o hospital e teve leves ferimentos. Assumiu o relacionamento com a estudante logo depois, compartilhando a novidade no Facebook. Ele declarou, também, que não quer mais ver a ex-mulher.No entanto, o caso foi para os tribunais, e apesar da ação, Maria não foi presa, tendo que pagar apenas uma multa de R$ 2 mil por “direção perigosa”. Também perdeu pontos na carteira de motorista, convencendo o juiz Richard Twomlow de que estava “fora de si” na hora do atropelamento. O magistrado acatou o argumento e afirmou que Maria “estava apenas furiosa, transtornada”, mas os advogados de Mark pediram por uma punição maior. O juiz, então, promete recorrer ao pedido.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *