Russomanno é o único candidato a não assinar manifesto em favor de debates eleitorais em SP

RedeTV!, Record, SBT, CNN e Globo decidiram cancelar os embates entre candidatos que estavam previstos

Líder das pesquisas, o candidato do Republicanos à Prefeitura de São Paulo, Celso Russomanno, foi o único participante da corrida eleitoral da capital paulista a se recusar a assinar um manifesto que pede que as emissoras de TV voltem atrás na decisão de cancelar os debates televisivos.

“Entendemos que, respeitadas as normas sanitárias, não há motivo que justifique o cancelamento dos debates. A TV Band deu o exemplo que deveria ser seguido pelas demais emissoras. Em 1º de outubro, a emissora realizou debates em mais de uma dezena de cidades em todo o país”, diz trecho do documento enviado a RedeTV!, Record, SBT, CNN e Globo.

“Os debates são peças-chave para eleições plurais e transparentes. Sem eles, quem perde é o eleitor. Sem eles, quem perde é a democracia”, afirmam os candidatos.

Os cinco canais usaram a pandemia do novo coronavírus como justificativa para o cancelamento dos debates. Além da Band, apenas a TV Cultura confirmou a realização de um embate televisivo.

O gesto de Russomanno reforça as críticas feitas por candidatos rivais que acusam ele de ter articulado com a TV Record um cancelamento do debate para favorecê-lo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *